Empreendedor Digital - Vantagens De Se tornar Um


Como Ser Um Blogueiro Ou Blogueira Profissional


Se seu propósito é simplesmente ganhar dinheiro e viajar muito, irei logo avisando: existem novas maneiras muito menos trabalhosas do que montar um blog de viagens. Pra destinar-se além de um hobby e opinar o web site como alguma coisa profissional, mesmo que você não tenha pretensão de fazer dele tua principal fonte de renda, é preciso encará-lo como um negócio. E todo negócio envolve várias coisas além do produto ou serviço que você entrega, né?


Tem o marketing, a contabilidade, logística, negociações… No caso de um website, todas essas funções ficam por sua conta (ou divididas com quem construiu o blog com você). Deste jeito, é necessário não só gostar de viajar e de publicar, porém bem como de aprender coisas recentes e explorar uma área que ainda é relativamente nova e incerta. É uma delícia criar algo do zero e enxergar esse “algo” destinar-se crescendo.


Muito massa poder fazer as coisas do teu jeito. Saber que todo o esforço tá indo com o objetivo de algo que é seu. Entrar em contato direto com as pessoas que você tá auxiliando. Entender coisas novas todo dia. Porém isso tudo vem de mãos dadas com trabalhinhos técnicos e tediosos, muita obediência, decisões complicados e paciência com finalidade de encontrar se todo esse lerê vai dar resultados.


Caso você esteja pensando em fazer um website de viagens e se esforçar a isso seriamente, vale a pena ler esse artigo com o objetivo de ver se quer isso mesmo. Caso seja somente um animado, como os meus amigos que perguntam “que tal de serviço é este que tens com o objetivo de fazer para o website? ”, pode seguir lendo bem como.


Quem domina você não domina melhor quando alguém tiver que expor não afim de aquela saída com intenção de brincar de site, né? Uma das maravilhas da internet é que atualmente qualquer pessoa com acesso a ela poderá ter tua voz ouvida. Não faltam sites, canais do Youtube, perfis no Instagram, páginas no Facebook e então por diante, dizendo sobre isto os mais diferentes assuntos. Viagem é um dos mais populares, é claro. Assim, quem quer se somar a este mundinho deve reflexionar em formas de se diferenciar. Você vai focar num nicho, como viagens com garotas ou lua de mel? Vai pronunciar-se de um destino só, como a Disney?


  • A Nutricionista

  • dez - Fluida

  • Julio falou

  • 1- Ticket médio



Vai focar em viagens de luxo ou em ecoturismo? Prefere escrever textos mais na vibe “minha viagem foi dessa maneira e assado”, ou mais impessoais? Quer focar na história dos lugares ou em dicas práticas e diretas? Essa visão pode ser amadurecida com o tempo (eventualmente vai, e isso é prazeroso). Entretanto é bacana começar de imediato com um norte, até pra oferecer início às primeiras decisões estratégicas, como a escolha do nome.


No caso do Janelas Abertas, desde o início eu tinha claro que não queria um nome diretamente relacionado a viagens. Não por sorte: minha ideia a todo o momento foi misturar roteiros e dicas práticas a posts sobre o assunto outros tópicos que têm a ver com “se abrir com o intuito de o mundo“, que é o que mais mexe comigo nessa história de viajar.


Ao mesmo tempo, acho importante transportar informações práticas, sempre apuradas com responsabilidade, visto que a jornalista que existe em mim não conseguiria fazer desigual. No entanto claro que meu jeito não é universal: fora questões éticas, quem define os regulamentos do teu jogo é você. Tá com contrariedade pra definir? Realmente compensa tentar criar uma “persona” pra o blog: se ele fosse uma pessoa, como seria? De que jeito fala, como se comporta, por que tópicos se interessa, com quem gosta de conversar?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *